Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 




 
Joaquim Jorge depois de uma primeira tentativa gorada, António Costa ainda não era líder do PS, conseguiu finalmente assegurar a vinda de António Costa ao Clube dos Pensadores.

A sua presença está confirmada para o dia 30 de Março, segunda-feira, pelas 21h30 no Hotel Holiday Inn. Este será o 90.º debate. Deste modo, excepcionalmente, o Clube faz novo debate, neste mês de Março, para receber António Costa, pois recentemente festejou o seu 9.ºaniversário com Miguel Cadilhe.

Estará presente Orlando Gaspar, socialista histórico.

Joaquim Jorge ao agradecer por SMS, a sua presença, e de ter tomado a iniciativa do contacto para agendamento. António Costa respondeu também por SMS : «um dia havia de ser... Eu é que agradeço o convite e a persistência».

A persistência de Joaquim Jorge tem que ver com o interesse público e cívico, de ouvir António Costa num fórum de debate da sociedade civil e não num local organizado pelo partido. Um candidato a Primeiro-Ministro para chegar a chefe do Governo: primeiro tem que ser líder de um partido (o que aconteceu ao vencer António José Seguro e tornar-se secretário-geral do PS); segundo, o mais importante, tem de conquistar a confiança dos cidadãos, para votarem nele.

Será uma oportunidade de o fazer, explanar algumas das suas ideias, dissipar dúvidas e explicar algumas das suas propostas para um futuro programa de Governo, para as eleições legislativas de Setembro. Pode ser um bom presságio a vinda de António Costa. Em 2011, Pedro Passos Coelho, líder do PSD na oposição, uns meses antes de ser Primeiro-Ministro, esteve no CdP e fez várias propostas para um futuro programa de Governo, infelizmente muitas delas não cumpriu.

António Costa tem proposto algumas medidas: reposição na íntegra dos salários da função pública ; retomar o programa Simplex ; rever o mapa judiciário; entregar mais competências às autarquias; valorizar o interior; apostar nas energias renováveis; repor o IVA na restauração nos 13% ; repor cláusula de salvaguarda do IMI ; entre outras.

Os portugueses já não passam cheques em branco. Querem conhecer as propostas dos diversos partidos especialmente do maior partido da oposição (PS) . O problema é as promessas, e depois, o seu cumprimento. É preciso saber, se o que se propõe é exequível.

António Costa tem gerido com mestria o “dossier José Sócrates”, mas desde que foi eleito tem perdido élan e o entusiasmo à sua volta esmoreceu. Em recentes sondagens o PS não descola do PSD, apesar, da polémica com as dívidas fiscais de Pedro Passos Coelho e a confirmação da existência da lista VIP de contribuintes, lhe ter dado um novo impulso.

O CdP, este ano de 2015 já recebeu o cientista Sobrinho Simões e Rui Rio que ainda não decidiu o seu futuro político, amigo pessoal de António Costa.
 
JJ

Autoria e outros dados (tags, etc)

comentários

comentários

Mensagens




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031