Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 



 
 
Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores ( CdP)  convidou o candidato presidencial Sampaio da Nóvoa, para estar presente, dia 29 de Junho, segunda-feira , pelas 21h30  no Hotel Holiday inn em Gaia.
 Deste modo encerra o habitual ciclo de debates antes das férias de Verão. Este ciclo de 2015 iniciou-se com Sobrinho Simões, Nova Medicina,
Rui Rio, É preciso Reformar a Política? , Miguel Cadilhe, no  9.ºaniversário, Sistema Político .  António Costa candidato a primeiro-ministro revelou algumas medidas do seu programa para Portugal, Joana Amaral Dias do Agir, Paula Teixeira da Cruz  na apresentação do livro de Joaquim Jorge  Pedagogia Cívica, Álvaro Beleza o rosto da oposição interna  no PS e o Ministro  Poiares Maduro no papel de gestor do Portugal 2020.
 Foi um ciclo com inúmeras personalidades e cabe a vez agora a um candidato presidencial. O CdP irá fazer um interregno e sair do palco por um período de 4 meses , em virtude das eleições legislativas  cuja data será marcada pelo Presidente da República entre 14 de Setembro e 14 de Outubro. Mas tudo leva a crer que as eleições legislativas serão em Outubro para a campanha eleitoral não coincidir  com as férias dos portugueses, e por outro lado, o início do ano escolar.
 O Clube tem a tradição de procurar ouvir os candidatos presidenciais . Na eleição presidencial de 2011 teve presente Fernando Nobre , Francisco Lopes, Manuel Alegre e Defensor Moura.  José Manuel Coelho não esteve presente por agenda e  Cavaco Silva por opção.
 A eleição presidencial é uma eleição muito do agrado do CdP , pois é uma eleição que não depende dos partidos políticos . As candidaturas para Presidente da República são propostas por um mínimo de 7500 e um máximo de 15000 cidadãos eleitores.
 Todavia esta eleição presidencial que se realiza no inicio de 2016 , tendo em conta perfilarem-se muitos  candidatos ( 13) não haverá provavelmente uma eleição à primeira volta . Nenhum candidato deverá ter mais de metade dos votos validamente expressos. Haverá uma segunda volta em que concorrerão os dois candidatos mais votados, provavelmente um de direita e outro de esquerda.
 Sampaio da Nóvoa, o ano passado discursou no Congresso de consagração de António Costa como líder do PS, recentemente  assistiu à Convenção do Partido Socialista, durante o qual foi aprovado o programa eleitoral do PS. Há sinais de aproximação ao PS, mas ainda não houve um apoio público formal do PS apesar de contar com o apoio de dois ex-Presidentes da República socialistas, Mário Soares  e Jorge Sampaio. O PS está órfão de António Guterres, Sampaio da Nóvoa não é consensual no PS e há várias alternativas, uma delas, Maria de Belém.
 À direita a coligação PSD/CDS ainda não indicou o seu candidato presidencial. Há muitos nomes falados mas os que têm mais hipóteses são: Marcelo Rebelo de Sousa, Pedro Santana Lopes, Rui Rio ou Durão Barroso que não desarma. Essa decisão ficará para depois das eleições legislativas , todavia o seu resultado, pode baralhar toda a estratégia seguida. 
 
JJ

Autoria e outros dados (tags, etc)

comentários

comentários

Mensagens




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930