Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

José Mourinho é assim e não muda. A sua passagem pelo Real Madrid foi a menos conseguida, pelos clubes por onde treinou, e sempre que pode, não deixa de enviar recados. Depois ainda ficou pior, o seu sucessor venceu a tão ambicionada Liga dos Campeões - a décima- como os madrilenos gostam de dizer.

Não me posso esquecer que foi José Mourinho que acabou com a hegemonia do Barcelona de Pep Guardiola que parecia inatingível e invencível, mas os problemas com alguns jogadores fez com que tivesse uma saída prematura e extemporânea, e não, uma saída " à Mourinho" depois de ganhar tudo. Faltou-lhe a Liga dos Campeões, ficou-se pelas meias-finais. Não tenho dúvidas que vários jogadores espanhóis lhe fizeram a vida negra encabeçados por Iker Casillas e Sergio Ramos. Todavia o trabalho realizado por Carlo Ancelotti tem sido meritório e sem espaventos de triunfalismo. Noutro registo, menos intempestivo e controlador, em cordialidade e sem imposições conseguiu, o que Mourinho não foi capaz de almejar.

Carlo Ancelotti não é um técnico de rupturas, mas de uma forma inteligente aproveita muito bem o trabalho feito, antes de ele chegar e adapta-se à massa futebolística que tem no seu balneário. Esta sua versatilidade tem-lhe dado títulos e prestígio. Mas cada um é como é.

José Mourinho deve quanto a mim preocupar-se com o seu Chelsea que está na frente, mas já teve um maior avanço, no Boxing Day empatou fora, Southampton - Chelsea 1-1. O Manchester City seu perseguidor não aproveitou para encurtar distâncias, também empatou mas em casa, Manchester City - Burnley 2-2.

Os jogadores do Real Madrid tendo à cabeça Casillas e Ramos não devem reagir e querer vingança num possível confronto na Liga dos Campeões. Mourinho após a vitória sobre o West Ham disse: "estou feliz e eu amo os meus jogadores, é algo que eu tinha perdido". Não disse mentira nenhuma e isso não pode dar azo a que alguns jogadores queiram um jogo com o Chelsea pensando que são favas contadas e que já ganharam. Muito cuidado, pois Mourinho é mestre em vencer quer no plano táctico quer no plano psicológico. Eu no lugar do Real Madrid estava calado e respeitava um dos treinadores mais prestigiados do Mundo.

Mourinho em Madrid nunca se sentiu querido nem cómodo no dia-a-dia. Por outro lado, Carlo Ancelotti, muito bem disse que a chave do sucesso do Real Madrid: "Ganhar ajuda a ganhar. Esse é o segredo do Real Madrid". Mas atenção pode começar a perder e depois é que vão ser elas…

O Real Madrid, o ano que passou se não tivesse vencido a Liga dos Campeões tinha tido uma época para esquecer, o campeonato espanhol foi para o espectacular Atlético de Madrid de Diego Simeone. E, Ancelotti o ano passado esteve com um pé fora de Madrid. Devemos relativizar as coisas, no futebol o que hoje é verdade, amanhã é mentira. Mas num embate do Real Madrid com o Chelsea ou o Bayern de Munique sinceramente não sei se o Real Madrid vence. A derrota perante o Milão 2-4 é um aviso à navegação, apesar de se ter tratado de um amistoso.

JJ

Autoria e outros dados (tags, etc)

comentários

comentários

Mensagens




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031