Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



TPC

07.04.16


Os TPC são contraproducentes, estão associados a uma obrigação, parecem um castigo e os alunos ficam sem tempo para brincar ou desfrutar de momentos de lazer. Os TPC tornaram-se um suplício para muitos alunos e pais por falta de tempo para ajudar os seus filhos e também por falta de conhecimentos.

A ideia que sempre passou – que um bom professor é aquele que marca mais trabalhos para casa – está completamente desfasada da realidade. Um bom professor é aquele que ponderadamente ensina o aluno na sala de aula e afere, na mesma sala, os seus conhecimentos. Mandar deveres para casa, que se podem fazer na sala de aula, é algo que não se compreende. Os TPC provocam uma pressão enorme, contam para a avaliação no cômputo geral e quem não os faz pode baixar a sua nota.

Os alunos desgraçadamente não param e, entre ir para a escola e cumprir as suas tarefas dos deveres em casa, acabam por ter uma carga horária de cerca de 60 horas semanais. A sua formação escolar é importante, mas também é importante para o desenvolvimento das suas capacidades e edificação da sua personalidade ter outro tipo de actividades: desportiva; aprender a tocar um instrumento musical; aprender uma língua que não seja dada na escola; etc.

A OCDE afirma que os alunos portugueses de 15 anos, em média, dedicam aos TPC cerca de quatro horas por semana. Mas em idades mais novas verifica-se uma sobrecarga muito maior. Os TPC fazem parte da própria lógica de aprendizagem para aferir conhecimentos. É importante e necessário fazer deveres ou trabalhos sobre o que foi explicado na sala de aula pelo professor, fazer determinados exercícios, resolver problemas, inclusive memorizar, entre outros. Ou seja, compreender e fixar é imprescindível para consolidarem a aprendizagem.

Todavia, tudo isto se deveria fazer na sala de aula com a supervisão do professor que poderia tirar dúvidas e superar o que não foi compreendido. Um aluno com dificuldades, em que os pais não têm formação, só poderá ter ajuda com explicações. Isso implica ter meios financeiros para tal. Sou apologista de uma escola para todos e que permita a todos aprender.

Um bom professor é quele que se interessa pelos seus alunos, ensina bem e afere os seus conhecimentos ajudando na sala de aula. Evita marcar TPC. Nunca nos podemos esquecer que um aluno tem várias disciplinas. Se cada professor marcar TPC, isso implicará horas de estudo fora da escola. Uma coisa é a escol, outra bem distinta é a casa do aluno. Por norma não se deveria marcar TPC.

Os alunos têm direito ao repouso, a tempos livres, a participar em jogos e actividades recreativas próprias da sua idade, e a participar livremente na vida cultural e artística. E, eu acrescento, a conviver com os pais sem livros e TPC.

JJ

*texto publicado no DE 

Autoria e outros dados (tags, etc)

comentários

comentários

Mensagens




Mais sobre mim

foto do autor



calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930