Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Segundo o jornal Sol , terá sido um professor catedrático português a escrever o livro A Confiança no Mundo - Sobre a Tortura em Democracia, publicado como sendo da autoria de José Sócrates. Esta conclusão, baseada em escutas telefónicas, faz parte dos indícios recolhidos na Operação Marquês.

Com prefácio de Lula da Silva e posfácio de Eduardo Lourenço, o livro foi lançado em Outubro de 2013, sob a chancela da editora Verbo, numa concorrida cerimónia, onde estiveram as figuras de topo do PS, incluindo Mário Soares (que apresentou o livro conjuntamente com o ex-Presidente brasileiro), António Costa, Ferro Rodrigues, Almeida Santos e Manuel Alegre. Na altura, Sócrates explicou que o texto correspondia ao trabalho académico que realizara para o Instituto de Estudos Políticos (‘Sciences Po’) de Paris depois de abandonar o Governo, em 2011.

Sinceramente não acho isso relevante para definir o carácter e o comportamento de José Sócrates . Acho muito mais relevante outras coisas indiciosas e se forem provadas.

José Sócrates depois do problema da sua licenciatura, viveu sempre  com o fantasma da sua aceitação intelectual, e ir mais além, para colmatar esta lacuna. Isto mostra como somos um pais de doutores e de doutores faz de conta. Este novo-riquismo intelectual levou à queda de Miguel Relvas. Todos os políticos desejam reconhecimento intelectual, em vez de desejarem reconhecimento pelo seu exemplo.

Este tipo de noticias permitem a vitimização de José Sócrates e a teorização que é uma pessoa perseguida.

Sempre achei José Sócrates muito vaidoso ( não é um defeito) e sempre preocupado com a sua imagem.

Conheço muita gente que pediu a outros para fazer livros que não são da sua autoria. Não é bonito e é descabido mentir ou omitir quem fez um livro por nós. Mas há coisas muito mais graves. Poderia no seu livro A Confiança no Mundo, fazer referência à colaboração do tal professor e estava tudo resolvido. Mas não, José Sócrates quis os louros todos para si.
Deste modo pôs-se a jeito e os seus inimigos não perdoam, como ele em tempos não perdoava nada. Quem semeia ventos colhe tempestades. Enfim!

JJ

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lamentável!

27.03.15

 

 



Sempre me aborreceram o prolongamento de casos de uma forma hedionda até ao limite. Com a maior das sinceridades já não ligo nada ao caso Sócrates , nem ao caso BES. Estarei atento  quando se tiver os resultados. Irrita-me tanto este folclore e espalhafato brutal. Uma intoxicação brutal em que somos obrigados a falar sempre da mesma coisa. Cada vez sou mais selectivo e ligo ao que me interessa.

Todavia não posso deixar passar em claro mais esta noticia da revista Sábado.
O juiz de instrução Carlos Alexandre do caso Sócrates não tem tido uma vida fácil. Já o ameaçaram várias vezes, invadiram-lhe a casa, tentaram atropelar-lhe a mulher e agora envenenaram-lhe o cão.
Suspeita-se que alguém tenha atirado para o quintal da casa do juiz um alimento misturado com veneno para ratos.

Ser ameaçado , ser agredido, invadir a residência e deixar-lhe uma velha pistola à vista que estava guardada numa gaveta. Estes avisos, apesar de ter segurança 24 horas por dia, são bastante preocupantes , para quem deseja que se faça justiça.

Para quem, acusa o  processo de José Sócrates, de ter-se violado o segredo de justiça e haver atitudes persecutórias não há o direito de praticar este tipo de acções.

Como se hão-se classificar estas ameaças ? Quem as faz ? Qual o intuito de as fazer?

Estes actos são inqualificáveis, indignos e soezes . Tem como objectivo fazer pressão, imposição, influência e intimidação para que este processo não avance.

Como cidadão português , respeitando a presunção de inocência , quero que estes processos vão até ao fim e até às últimas consequências, der para onde der.

JJ

Autoria e outros dados (tags, etc)

comentários

comentários

Mensagens



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031