Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Matosinhos

22.07.16

Ontem foi mesmo um dia tórrido em Matosinhos, apesar da brisa marítima.

Numa jogada de antecipação, Narciso Miranda mostrou disponibilidade para ser, de novo candidato.

Tem todo o direito de o ser, apesar de, ter um passado bom outro menos bom.

Todavia ainda falta muito tempo para as eleições autárquicas : mais de um ano, serão em Setembro de 2017.

Vamos respeitar os problemas de saúde de Guilherme Pinto, o ainda presidente da autarquia. Com a limitação de mandatos tem que sair. Com calma e serenidade Matosinhos há-de encontrar saída para mais este imbróglio.

O PS vai andar às turras, o PSD a sua expressão em Matosinhos não é grande, o surgir uma candidatura independente vai baralhar as contas todas.

Mas há um dado novo. Nas eleições em Matosinhos estará tudo em aberto, desta vez. Uma coisa é uma eleição em que na disputa, concorre um dos candidatos que é poder ( presidente de câmara ) . Outra coisa,bem diferente, é uma disputa em que qualquer candidato não faz parte do poder. No fundo, partem todos em igualdade de circunstâncias.

JJ

Autoria e outros dados (tags, etc)

O PS anula-se e descaracteriza-se no Porto. Na cidade do Porto não vai a votos - apoia Rui Moreira. O pior de tudo é sem ter ouvido os militantes sobre este assunto tão delicado. O dever do PS como maior partido português era ir a votos marcar algumas diferenças de governação e aberto a nova coligação. Não o vai fazer...

Em Matosinhos, o Verão promete ser bem quente. Os argumentos invocados à reconciliação e ao consenso tem de trás um fito - a escolha de Luísa Salgueiro.

 

Nada tenho nada contra Luísa Salgueiro de quem sou amigo , assim como de Manuel Pizarro que já esteve como orador no Clube dos Pensadores.

O PS em 2013 teve uma derrota copiosa, infligida por Guilherme Pinto e os seus seguidores, que sairam em debandada do PS. Mas agora querem que se chegue a um consenso.

Ernesto Páscoa tem sido um baluarte em defesa do PS e da sua dignificação , pelo respeito pelo PS e seus militantes. A concelhia de Matosinhos eleita pelos seus militantes compete aprovar as listas de candidatos aos órgãos autárquicos municipais do respectivo concelho. A federação distrital compete acompanhar o processo de designação dos candidatos autárquicos municipais, sem impor.

Se a concelhia e a distrital não se entenderem ( que é o caso), a Comissão Política Nacional pode avocar, para confirmação ou revogação, a decisão da Concelhia para escolha do candidato a presidente de Câmara. Verão bem quente em Matosinhos.

 JJ 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Joaquim Jorge , biólogo e fundador do Clube dos Pensadores vai ser homenageado com a “medalha de honra” pela Junta de Freguesia de S. Mamede de Infesta , na comemoração do XV aniversário, da elevação de S. Mamede de Infesta a cidade.

O mais alto galardão da edilidade será atribuído por António Mendes, presidente da União de Freguesias de S. Mamede de Infesta e Senhora da Hora, no dia 12 de Julho ( terça-feira) pelas 21h 15 na Praça da Cidadania, (ao lado da Junta de Freguesia de S. Mamede de Infesta) .  Para além, da medalha de honra a freguesia atribui medalhas de valor desportivo e valor de altruísmo, a instituições e colectividades.

Joaquim Jorge nasceu em S. Mamede de Infesta em 30 de Agosto de 1957 e  frequentou a Escola Primária na Rua da Conceição no 1º e 2ºano . Mais tarde, foi para o Colégio Brotero e frequentou a Universidade do Porto, na qual,  licenciou-se em Biologia.Foi atleta de andebol na Académica de S. Mamede e atleta de futebol no Infesta, desde jovem.

Este galardão é atribuído a  personalidades de S. Mamede de Infesta que se distinguem nas  suas actividades. Joaquim Jorge tem-se distinguido pela sua actividade cívica no Clube dos Pensadores.

Tem opinião exclusiva com o Noticias ao Minuto, uma coluna de opinião no Record e no Diário Económico. Os seus artigos são publicados no JN, Público e DN. Já publicou vários livros : o seu 5ºlivro - Pedagogia Cívica ( recente) - , com prefácio de Marcelo Rebelo de Sousa,  foi apresentado pela ex- Ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz. Foi colaborador do Porto Canal no programa «Dia em Análise».

O Clube dos Pensadores ( CdP) recentemente fez 10 anos. O CdP sempre lutou contra o desinteresse na política, a favor do debate de ideias, pela dignidade dos cidadãos, contra as injustiças e pelo combate contra os privilégios. O CdP pugna pela aproximação dos cidadãos e a política procurando fazer ver que as pessoas hoje em dia querem uma relação diferente com a política e os políticos.

Ao longo destes debates 10 anos com mais de 100 debates realizados     passaram pelo CdP figuras ligadas essencialmente à política: Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa , Paula Teixeira da Cruz, Pedro Passos Coelho, Alberto João Jardim, Jerónimo de Sousa, Paulo Portas, Ana Drago, Maria de Belém, Francisco Louçã, Garcia Pereira, Manuel Alegre, Marisa Matias, António José Seguro, Pedro Santana Lopes, Jorge Miranda, Teixeira dos Santos, Rui Rio, entre outros. Mas também, ao mundo empresarial: Belmiro de Azevedo, Alexandre Soares dos Santos; sindicatos: Arménio Carlos, Mário Nogueira; ciência: Sobrinho Simões; desporto: Vítor Baía; música: Pedro Abrunhosa; entre outros.

 

Clube dos Pensadores

Autoria e outros dados (tags, etc)

comentários

comentários

Mensagens



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31